Em 2008,  a Escola Secundária de Amora passou a ser considerada escola de referência para a educação bilingue de alunos surdos, ao abrigo do Decreto-Lei n.º3/2008, de 7 de janeiro, contudo, apenas no ano letivo de 2015/2016 teve alunos surdos a frequentar o ensino secundário.

As escolas de referência para a educação bilingue de alunos surdos constituem uma resposta educativa especializada, desenvolvida em agrupamentos de escolas ou escolas secundárias que concentram estes alunos, e têm como objetivo principal aplicar metodologias e estratégias de intervenção interdisciplinares adequadas a alunos surdos. Os alunos com surdez podem constituir turmas de surdos ou ser integrados, continuando a usufruir dos apoios técnicos e pedagógicos disponibilizados pela EREBAS.

De acordo com o seu perfil de funcionalidade, os alunos surdos seguem o currículo comum ou um currículo adaptado às suas necessidades.

O logotipo da EREBAS foi criado com a participação dos cinco alunos surdos que frequentam a escola no ano letivo de 2016/2017 – a Bruna, a Fabiana, a Inês, a Lisinaite e o Miguel – que decalcaram a sua “voz” sobre o papel.